Skip to content Skip to footer

Seis ‘prefeitáveis’ em Boa Esperança, caso TSE decida por nova eleição

(Fernanda, Rogério, Jan, Cláudio, Lauro e Charles. Fotomontagem: OR7 com fotos do arquivo e Facebook)

Embora apareçam seis pretendentes ao cargo de prefeito, a tendência natural baseada na eleição anterior, é que sejam registradas apenas duas candidaturas, podendo remotamente, chegar a três

Por Antônio Carlos da Silva – 31-01-2021 – 11h32

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realizará nesta segunda-feira (1º), às 19h, a sessão de abertura do Ano Judiciário de 2021. Os prazos processuais, que ficaram suspensos durante o recesso forense, entrarão em vigor.

Uma das sessões da Corte refere-se à candidatura a prefeito de Romualdo Milanese (Solidariedade) e vice Rogério Vieira (PSB), em Boa Esperança, um dos municípios do Espírito Santo, que poderão ter novas eleições neste ano.

O município de Marataízes no sul do Estado, também está com situação indefinida junto ao TSE, uma vez que, o prefeito Tininho Batista e Jaiminho Machado, ambos do PDT, tiveram o mandato cassado.

Caso os ministros do TSE votem contrários ao recurso impetrado pela defesa de Romualdo e Rogério, e consequentemente decidam pela realização de uma eleição suplementar em Boa Esperança, o pleito poderá ser realizado em uma dessas datas: 7 de março, 11 de abril, 2 de maio, 13 de junho, 4 de julho, 1º de agosto, 12 de setembro, 3 de outubro, 7 de novembro e 5 de dezembro.  Caberá ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES) definir a data, e por competência e praxe, coordenar todo o processo.

Prefeitáveis

Mesmo que muitas informações não estejam sendo publicadas nas redes sociais ou sites de notícias, não significa, entretanto, que os grupos políticos não estejam se articulando nos bastidores, em torno da formação das respectivas chapas, visando a eleição complementar, já tida por muitos, como mais provável.

Atualmente os nomes cogitados nos bastidores são basicamente, quase que os mesmos da eleição anterior: Fernanda Milanese (Solidariedade); Jan Carvalho (Solidariedade); Rogério Vieira (PSB); Cláudio Rodrigues (DEM); Lauro Vieira (PP); e Charles Faria (Cidadania).

A eleição anterior contou com a participação das siglas: Solidariedade, Republicanos, Cidadania, PSB, PT, PSL, PP, MDB e DEM, contudo, neste pleito outros partidos poderão participar das chapas majoritárias, visando a aglutinação de forças e aumento do tempo de propaganda eleitoral no rádio.

Caso

Romualdo Milanese foi eleito com 58,73% dos votos, o que representa a escolha de 4.676 eleitores.  O segundo colocado foi o candidato Cláudio Boa Fruta (DEM), que atingiu apenas 41,27%, com 3.286 dos votos válidos.

O município está sendo administrado pelo presidente da Câmara Municipal, Renato Barros (Solidariedade), até a decisão final do TSE, seja favorável a Romualdo e Rogério, que assim assumiriam o mandato, ou pela realização de uma nova eleição em Boa Esperança.

 

Créditos: or7news

Leia a matéria oficial aqui.

Leave a comment